Notícias e Variedades de Macaé
Início » Sua casa » Arquitetura & Design » O aconchego do espaço gourmet

O aconchego do espaço gourmet

sex, 12/04/2013 - 11:11 -- Divercidades
cozinha espaço gourmet

Que tal reunir os amigos em casa, bater papo e degustar uma boa comida? Com charme e sofisticação, o espaço gourmet pode ser o lugar ideal para o propósito. Em Macaé, muitos moradores já têm esses espaços em casas, apartamentos ou em áreas comuns de condomínios.

De acordo com o arquiteto Marcelo Muquici, os casais macaenses gostam muito de receber convidados e o homem participa ativamente deste processo, pois está muito voltado à arte de cozinhar. “Isso virou tendência no próprio comportamento, que por sua vez aliou-se às questões da arquitetura”, argumenta.

Estas áreas de lazer estão tão em alta que o arquiteto Roberto São Thiago inovou ao projetar o Condomínio Solar do Atlântico. Além de criar um espaço gourmet para uso em comum dos condôminos, ele projetou uma varanda gourmet em cada unidade do empreendimento. “O espaço gourmet coletivo atende eventos com maior número de convidados e as varandas gourmets estão limitadas a um número reduzido, com mais privacidade”, frisa o arquiteto.  Roberto São Thiago explica ainda que esses ambientes respondem a um estímulo atual em que a gastronomia associada à mídia desempenha um papel muito importante no cotidiano dos brasileiros.

O que se pode notar, portanto, é que existem muitas diferenças entre os salões de festas convencionais e estes novos espaços. Talvez a mais gritante destas divergências seja o fato da área da cozinha ser o ponto principal do espaço, onde a finalidade do evento é acompanhar o preparo do prato escolhido. Por isso, os interessados em ter um espaço gourmet precisam equipá-lo adequadamente com fogão, pia, bancada, cadeiras, utensílios, entre outros itens. E ainda garantir uma decoração coerente à proposta de composição do ambiente. A dica é procurar um profissional especializado e uma boa loja de móveis e decoração.

De acordo com Deise Fragoso, da loja de decoração Cenarium, as varandas ganharam uma nova roupagem. “Antes eram abertas e pouco aproveitáveis; agora é diferente. Geralmente são cobertas ou semi fechadas com vidros. Desta forma, o espaço fica flexível às intempéries do clima, por exemplo”, ressalta.

O designer de interiores Leonardo Pereira explica sobre as tendências decorativas do momento. “Antes se usava muito no mobiliário da área de lazer madeiras de demolição, uma espécie mais resistente às condições climáticas; agora não: a rusticidade da madeira continua, mas numa versão menos pesada, com a possibilidade de combiná-la com materiais mais leves”, diz. Na cartela de cores pode-se “brincar” bastante: berinjela, uva, azul turquesa e verde são apostas certas para esta estação. Nas texturas, um pouco da elegância do linho e fibras de todos os tipos. A natureza deve estar presente, desde as plantas naturais às artificiais. Os objetos em alumínio e policarbonato podem contrastar com o rústico tornando o local bastante agradável. Luminárias também são bem-vindas.

 

Comentar

Seu comentário será liberado pelo administrador. Informe-se sobre as regras de moderação de comentários no Termo de uso.
CAPTCHA
Resolva a soma abaixo por questões de segurança
7 + 11 =
Solve this simple math problem and enter the result. E.g. for 1+3, enter 4.