Notícias e Variedades de Macaé
Início » Sua casa » Arquitetura & Design » Arquiteta Danielle Ataliba aposta na arquitetura inteligente

Arquiteta Danielle Ataliba aposta na arquitetura inteligente

qua, 22/07/2015 - 10:04 -- Cris Rosa
Créditos: 
Alle Tavares
área de lazer com piscina e cascata

Há dois anos e meio em Macaé, Danielle Ataliba já é reconhecida no mercado de arquitetura e urbanismo. Mas não pense que tudo foram flores nessa caminhada. A adaptação ao público foi o que mais exigiu flexibilidade da profissional, que superou os obstáculos e agora colhe os louros de uma carreira bem-sucedida.

Danielle Ataliba

 

Natural de Angra dos Reis, Danielle iniciou a faculdade de arquitetura em Volta Redonda e terminou no Rio de Janeiro, onde permaneceu após o fim do curso. Na capital, trabalhou em diversas áreas, como paisagismo, aprovação de projetos, legislação, entre outras, o que lhe conferiu experiência para novos desafios.

 

O desejo de mudança a trouxe à Macaé. “Queria sair um pouco da parte administrativa, na qual trabalhei durante muito tempo e migrar para a construção civil. Foi quando conheci a Vilarejo e consegui o meu primeiro emprego na cidade, como arquiteta para atender os clientes da loja”, conta.

 

área com piscina

Fã de desenhos desde pequena, Danielle fazia caricaturas, perspectivas, paisagens, mas nem sempre soube que a arquitetura era sua paixão. “Comecei meio perdida. Fiz engenharia sanitária, depois civil e só então conheci a arquitetura e me identifiquei com o que eu realmente queria, que era projetar espaços”, comenta.

 

Totalmente satisfeita com a profissão, Danielle gosta de trabalhar o conceito de arquitetura inteligente, unindo sustentabilidade e otimização de custos. E foi justamente por ter esse perfil que,  no início da carreira, encontrou dificuldades para entrar no mercado.

 

“Macaé tem um perfil diferenciado dos outros lugares. Então, gosto de propor reaproveitamentos, materiais alternativos. O que eu quero é que os meus clientes se sintam satisfeitos. Eles não precisam ter o mesmo material da casa do vizinho, mas consigo chegar a uma proposta semelhante e com resultado até melhor e mais barato. É um desafio para mim e para os clientes”, afirma.sala conjugada com cozinha

Boa parte deste jogo de cintura, Danielle credita ao trabalho na Vilarejo. Na loja, criava projetos com os mais diferentes orçamentos. “Analisei o perfil das pessoas através do trabalho na loja, senti o termômetro e me inseri no mercado. Com o tempo, acostumaram comigo. E eu gosto dessa diversidade, se tenho um cliente para atender com menos recurso, ele vai ficar satisfeito do mesmo jeito”, acredita.

A comerciante Célia Peçanha é um desse clientes satisfeitos e teve sua cobertura totalmente modificada pela arquiteta. “Fiz aquisição de um apartamento e a área externa me preocupava, pois estava muito sem vida. Queria algo que proporcionasse cores, junto com rusticidade e beleza. Encontrei na Danielle uma profissional que soube ouvir, entendeu o que eu buscava e apresentou todo o material especificado, além de orientar na compra. Isso sem contar o fato de apresentar todo o projeto em 3D, incluindo a iluminação da área externa. O resultado não poderia ser diferente, fico maravilhoso”, elogia Célia.

Danielle foi a vencedora do concurso realizado no I Fórum de Design de Interiores promovido pela empresa, entre os dias 23 e 25 de janeiro deste ano, no Centro de Convenções do Hotel Vilarejo, em Rio das Ostras. Entre 60 profissionais, a arquiteta bateu todas as metas e recebeu uma premiação pelo feito.

Comentar

Seu comentário será liberado pelo administrador. Informe-se sobre as regras de moderação de comentários no Termo de uso.
CAPTCHA
Resolva a soma abaixo por questões de segurança
1 + 7 =
Solve this simple math problem and enter the result. E.g. for 1+3, enter 4.