Notícias e Variedades de Macaé
Início » Comment » Link permanente de comentário » Comentar

Comentar

A Presença Feminina nos Esportes

seg, 29/05/2023 - 16:27 -- Divercidades
Categoria: 
Créditos: 
Arquivo

Edição 63/2023
Texto: Mariana Müller

A cada ano, as mulheres vêm se destacando em diferentes modalidades esportivas que, até então, eram reservadas, quase que exclusivamente, ao universo masculino. Hoje, elas despontam na superação de quaisquer desafios, seja em forma de ondas gigantes, de golpes inesperados ou da exaustão física em provas de resistência. Mas a busca persistente e bem-sucedida pelo alto do pódio, aliada à disciplina e à paciência, tem diminuído as barreiras da desigualdade de gênero no mundo esportivo e colocado Macaé em destaque no cenário esportivo dentro e fora do país.É o caso de Luiza Neto, de 32 anos, que se tornou referência na modalidade de kitewave. Formada em oceanografia, ela apostou na prática há 3 anos. E, em poucos meses, no curso de Aíton Figueredo — referência em kitesurf na cidade —, ela se destacou no esporte. A familiaridade com o mar facilitou seu desempenho, mas como boa virginiana, determinada, ela buscou o melhor point do país para vivenciar e evoluir na modalidade.
Todo ano, ela embarca rumo ao Ceará, um dos melhores lugares no mundo para a prática do kitesurf, onde os ventos são constantes e regulares. Lá, Luiza reuniu a experiência de velejar com a fotografia, e se conectou com uma das maiores marcas do kite, a Duotone. Ela apostou em clínicas com especialistas no esporte, como Sebastian Ribeiro, se aprimorando cada vez mais.No final do ano passado, foi convidada para participar de uma etapa do campeonato brasileiro na modalidade de kitewave, na Paraíba, onde se destacou e conseguiu se classificar para uma etapa do mundial, que aconteceu em Taíba, uma semana depois. Sua evolução chamou a atenção de grandes atletas nacionais, os quais ela passou a chamar de “família”.
Focada nos treinos, ela resolveu montar um projeto para arrecadar fundos e patrocínio para competir em campeonatos mundiais. A modalidade tem alto custo de manutenção e precisa de todo aparato para ser realizada com segurança. “É incrível como a prática te permite dividir espaço com as tartarugas e os golfinhos, mas, tem o lado da dedicação e dos altos custos. No meio das ondas, você não pode correr o risco de rasgar o equipamento”, conta a jovem que visa participar de campeonatos mundiais e levar o nome da cidade para o exterior.
Já Mariana Vantil, com apenas 15 anos, é a atual campeã em jiu-jitsu, na categoria infantil, pela Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu, o campeonato mais importante do Brasil. Ano passado, ela também realizou o feito do vice-campeonato mundial em Abu Dhabi, a capital dos Emirados Árabes Unidos, lutando com atletas com mais experiência.
A jovem macaense, nascida e criada no bairro Campo do Oeste, é a primeira atleta da família. Ela descobriu o jiu-jitsu, por acaso, em um cartaz exposto numa lanchonete do seu bairro. Iniciou as aulas com o professor Josivan Fernandes Ferreira, em 2019, e logo mostrou a garra de uma campeã. Passou a treinar duas horas por dia na academia Cesar Maillet, no centro da cidade. Com a dedicação ao esporte, a rotina da estudante do Ensino Médio — que adora as disciplinas de química e biologia — também mudou. Aos fins de semana, quando não participa dos campeonatos, ela malha, faz dieta e se empenha nos treinos, com o apoio do mestre Luan Carvalho. Para manter sua forma física e acompanhamento da medicina do esporte, conta com auxílio dos patrocinadores: Clínica Ciso Odontologia, Moranguitto, cabeleireiro Leonardo Viera, Studio da Coluna, Botica D’Rossi, Ingrids Cakes, Kitutes Pastéis, Farmácia Essencial – para as medicações e ortopedia e a nutricionista Alessandra Alegre.Eu agradeço muito por todo o apoio dos patrocinadores. Me sinto muito feliz em levar o nome da cidade para outros lugares. Dedico minhas vitórias aos meus pais e ao meu treinador”, conta a jovem, que recebe diariamente o cuidado da mãe com refeições especialmente preparadas.
Mariana revela que o maior desafio aconteceu quando teve que enfrentar horas dentro de um avião, em sua primeira viagem internacional. Assim como ela, Nykolli Alves Rangel, de 17 anos, destaque no atletismo macaense, também sentiu um frio na barriga ao realizar, pela primeira vez, um voo rumo a Aracaju, no ano passado, onde disputou a seletiva nacional para a ‘Gymnasíade Internacional’, que garantia vaga para uma competição na Normandia, na França.
Na modalidade heptatlo — que compreende provas de 100, 200 e 800 metros, saltos em distância, saltos em altura, arremessos de peso e arremessos de dardo — ainda no ano passado, ela conquistou suas primeiras medalhas de ouro, aos 16 anos, nos Campeonatos Estaduais Sub-18, que ocorreram na Vila Militar, em Deodoro, no Rio de Janeiro.Atleta desde os 13 anos, ela faz parte do grupo de atletismo da AECD - Macaé (Associação Esportiva Cidadania e Dignidade). O projeto é uma parceria entre o CIEP Maringá e a Secretaria de Esportes de Macaé, e é dirigido pelo professor de educação física Híller Franco.
Os desafios que a jovem enfrenta não se resumem à rotina diária de treinamento e de dedicação aos estudos, no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense (IFF). Nykolli não tem acesso a uma pista oficial de atletismo para seus treinos. “Por isso, temos que adaptar os treinamentos. Estaríamos em um nível muito melhor em pista de borracha”, afirma a atleta.Além disso, para conseguir participar das competições, ela e as demais atletas, junto ao treinador, realizam eventos para angariar fundos para viabilizar as viagens e hospedagens. Apesar de fazer parte do auxílio do programa Bolsa Atleta do município de Macaé, só no ano passado o projeto recebeu o reforço do patrocínio da empresa Etesco Construções e Comércio.
Nykolli tem como admiradores a atleta Desirèe Henry, e o macaense Thiago Resende Ornelas, que corre 110 metros com barreiras e batalha para uma vaga nas Olimpíadas de Paris. A moradora do bairro Virgem Santa sonha em participar de uma competição olímpica.

Para quem deseja apoiar os projetos das atletas, é só acessar o Instagram:
@luizaneto
@atletismomacae
@marianavantil

Seu comentário será liberado pelo administrador. Informe-se sobre as regras de moderação de comentários no Termo de uso.
CAPTCHA
Resolva a soma abaixo por questões de segurança
4 + 1 =
Solve this simple math problem and enter the result. E.g. for 1+3, enter 4.

Marca da Agência Logomotiva - Presença Digital - Agência desenvolvedora e mantenedora