Notícias e Variedades de Macaé
Início » Comment » Link permanente de comentário » Comentar

Comentar

Petit Petit, Cozinha Terroir

qua, 22/01/2020 - 09:48 -- Divercidades
Categoria: 
Créditos: 
Assessoria Petit Petit
prato de comida

Em um tempo em que os fatores climáticos começam a mostrar o resultado da exploração e da falta de cuidado com a terra, questionar a origem, o tempo percorrido e a cadeia produtiva de um homem na hortaalimento não pode ser mais uma questão ativista, mas sim, uma obrigação de todo cidadão. E é claro, mais ainda de quem trabalha no ramo, como é o caso do casal Guilherme Veiga, chef de cozinha, e Elisângela Ribeiro, sommelière. Os dois, juntos, tocam o Petit Petit, um restaurante localizado na Villa Gourmet, na Praia do Pecado, em Macaé.

O casal começou a questionar não só a qualidade, mas também o sentido dos alimentos que vendiam. “Um dia, fazendo um prato com funghi porcini italiano, pensei quanto tempo e quanto trabalho aquele pacote levou pra chegar até aqui. Será que faz sentido trazerpolvo no prato um ingrediente da Itália, com tantos produtos maravilhosos por aqui?”, questiona o chef. Foi então que deu início à busca por produtos locais de alta qualidade.

A costa extremamente rica, é uma das inspirações. Do mar vêm os camarões, os peixes , os mexilhões, o polvo... De Quissamã, chegam os orgânicos. De Carapebus, os cogumelos; de Búzios, os pães de fermentação natural; e do Sul, alguns dos vinhos naturais, que representam muito bem o sentido de ‘terroir’.  “O vinho foi evoluindo para um paladar global. O vinho francês, por exemplo, tem que agradar ao paladar do mundo inteiro, sem pensar onde o vinho vai ser consumido. A temperatura que consumimos este vinho por aqui, por exemplo, é diferente. Então, o mais lógico, é buscar o que a mulher e homemnatureza nos entrega aqui. E é isso que encontramos nos vinhos naturais brasileiros: uma expressão enorme do que é a nossa terra, nosso clima. São vinhos leves, com acidez mais elevada, que são perfeitos pra se beber aqui” ressalta Elisângela.

E pra reforçar ainda mais essa cozinha de ‘terroir’, o Petit Petit, que completou três anos, deve ganhar um ‘irmão’. O casal planeja abrir, até março de 2020, mais uma casa, onde o foco será mais ainda a sazonalidade e os ingredientes utilizados.  Já tem ponto escolhido, nome, e até cardápio, mas tudo isso só será divulgado nas proximidades da inauguração. “Nós entendemos que existe gente interessada na nossa proposta, mas não dá pra fazer isso em grande escala. E não dá pra ficar no meio termo. Não dá pra ter ovoprato de peixe orgânico e servir refrigerante, por exemplo. É uma contradição. Por isso, decidimos por uma segunda casa. Nós queremos que as pessoas entendam isso e passem a consumir os ingredientes em seu melhor momento. Tanto na comida, quanto na bebida. Esperamos que esta casa traga mais comida boa, ajude mais gente e valorize ainda mais a gastronomia do nosso país”, completa Elisângela.

 

Av. Amphilóphio Trindade, 40 - Lagoa

Macaé/RJ - Tel.: 22 99947-1522

          @petitpetit

 

Texto: Assessoria Petit Petit

Seu comentário será liberado pelo administrador. Informe-se sobre as regras de moderação de comentários no Termo de uso.
CAPTCHA
Resolva a soma abaixo por questões de segurança
3 + 16 =
Solve this simple math problem and enter the result. E.g. for 1+3, enter 4.