Notícias e Variedades de Macaé
Início » Colunistas » Corpo fitness » O sedentarismo mata tanto quanto o cigarro

O sedentarismo mata tanto quanto o cigarro

sex, 27/10/2017 - 13:57 -- Fabão
Categoria: 
Créditos: 
Fotos: Fabão Treinador
mulher correndo na praia

Para você que pensava que ser sedentário não era o ideal, mas também não era nada sério, pense de novo. Um estudo publicado em uma revista médica britânica (The Lancet) comprovou que o sedentarismo mata tanto quanto o cigarro e é responsável por mais de 5 milhões de mortes por ano. O pior disso tudo é que cerca de um terço da população mundial não pratica atividade física moderada (sedentária).

Foram consideradas sedentárias pessoas que não praticam exercícios moderados (como por exemplo uma leve caminhada) por no mínimo 30 minutos ou então pessoas que não praticam atividades mais intensas por pelo menos 20 minutos, ou seja, não foi utilizado nenhum critério muito rígido.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) indica que para melhorar as funções cardiorrespiratórias e musculares, fortalecer os ossos, reduzir os riscos de doenças não transmissíveis e depressão, deve-se realizar no mínimo 150 minutos de atividade física aeróbica de intensidade moderada, por semana. Essa orientação vale para adultos entre 18 e 64 anos de idade.

mulher na bikeOs estragos feitos pelo sedentarismo e seu impacto na saúde pública são de tal porte que hoje ele é tratado como uma pandemia, ou seja, uma epidemia mundial. O estudo constatou que o sedentarismo diminui a expectativa de vida tanto quanto o tabagismo ou a obesidade, tamanho o mal que faz ao organismo. Ou seja, você pode não ser obeso e não ser fumante, mas se for sedentário está, apenas pelo sedentarismo em si, diminuindo sua expectativa de vida e minando a sua saúde. E mais: o estudo comprovou que o sedentarismo é o responsável por cerca de 10% das doenças não-transmissíveis como por exemplo câncer e problemas cardíacos.

Os números são alarmantes, por incrível que pareça os mais acomodados são os jovens, 80% dos jovens entre 13 e 15 anos não se exercitam. O sedentarismo é mais recorrente em mulheres e em países ricos. No Brasil, os dados continuam alarmantes: 49% da população é sedentária, ou seja, quase metade da população do país está aumentando suas chances de doenças fatais e diminuindo sua expectativa de vida.

Graças a estes números estamos vendo um desdobramento cruel: jovens com problemas de saúde atípicos para sua idade são uma crescente. Outro estudo britânico constatou que o número de jovens que se queixam de dores nas costas é o mesmo que de aposentados. A causa principal desde aumento de dor nos jovens, ainda segundo o estudo, é o sedentarismo.

Reduzindo o sedentarismo em apenas 10% (que não é um objetivo tão difícil) poderíamos evitar cerca de meio milhão de mortes por ano. Em contrapartida, se o sedentarismo persistir, pode causar um aumento para a propensão genética à obesidade: pais obesos tem mais chance de filhos obesos, criando um círculo vicioso que pode detonar a saúde mundial.

mulher pulando cordaFica o alerta, pois muita gente acha que basta não fumar e não estar obeso para assegurar sua saúde: sem atividade física a saúde fica comprometida. O corpo humano foi feito para se movimentar e o sedentarismo gera consequências nocivas. Independente de outros fatores, o não se exercitar aumenta seu risco a uma série de doenças e reduz a sua expectativa de vida. Precisa de mais motivo do que isso, pra sair da inércia?

Aqui vai algumas dicas simples de exercícios que qualquer pessoa pode fazer e a quantidade média de calorias gastas em cada atividade:

  • Correr. Gasto médio de 320 kcal. Nós moramos em uma cidade privilegiada, plana e com lindas paisagens naturais. A corrida na praia, no calçadão ou no bairro onde você mora, pode ser extremamente prazeroso, além de benéfico à saúde. E pra quem não gosta de se exercitar sozinho, pode juntar ainda aquela turma, reunir os amigos ou se juntar a um dos vários grupos de corrida que existem em Macaé.
  • Andar de bicicleta. Gasto médio de 200 kcal. Pra quem reclama muito de falta de tempo, pode ser uma boa saída usar a bike para ir ao trabalho e voltar também. Dependendo do local onde você mora e onde trabalha, pode ser seguro e muito agradável ir de bike.
  • Pular corda. Gasto médio de 250 kcal. Esse é o tipo de exercício que a pessoa pode mesmo fazer em qualquer lugar, inclusive pra quem viaja muito, dá pra pular corda até no quarto de hotel. Qualquer pequeno espaço serve como lugar perfeito pra pular corda.

Eu sou Fábio Carneiro, “Fabão”. Sou personal trainer e preparador físico da equipe Hebrom MMA. 

Acesse meus canais
Facebook 
Instagram @fabaotreinador
E-mail: fabaotreinador@gmail.com
 

Comentar

Seu comentário será liberado pelo administrador. Informe-se sobre as regras de moderação de comentários no Termo de uso.
CAPTCHA
Resolva a soma abaixo por questões de segurança
14 + 3 =
Solve this simple math problem and enter the result. E.g. for 1+3, enter 4.