Notícias e Variedades de Macaé
Início » Colunistas » Casa Show » Meus destaques para a Mostra Casa Cor Rio de Janeiro 2016

Meus destaques para a Mostra Casa Cor Rio de Janeiro 2016

sex, 11/11/2016 - 13:58 -- Saulo Moreira
Categoria: 
Créditos: 
Foto: Saulo Moreira
Quarto montado na mostra casa cor rio 2016

Todo ano, além da mostra de São Paulo, a Casa Cor Rio está na minha lista de obrigações e vou dizer que é uma obrigação bastante prazerosa. Quem não gosta de estar presente em ambientes de muito bom gosto? Lógico que meu olhar vai muito além disso! Algumas coisas me chamam a atenção realmente pela estética, outras eu observo que se repetem em alguns ambientes, vejo materiais diferentes em utilização e muitas ideias de composição de móveis, objetos de decoração, luminárias...

 

ambiente cabana casa cor rio 2016Vamos começar com os acabamentos que estão cada vez mais tendendo a materiais primários, como a madeira em sua forma original (não porcelanato), tijolinho com variações em branco, cinza ou avermelhado e pedra. Os ladrilhos que até então estão super em alta não apareceram tanto e quando eram utilizados os tons eram mais sóbrios.

 

O azul foi a cor da vez este ano, desde o tom mais clarinho, passando pelo turquesa e até um tom mais fechado quase chegando ao marinho. Vi em muitos ambientes ele se repetir, desde cortinas, papéis de parede, ladrilhos, sofá, poltronas e também em quadros e almofadas. O preto também ganhou nos detalhes, principalmente em móveis e estruturas metálicas dos espaços construídos para abrigar alguns ambientes externos.

 

Os móveis estavam mais soltos, com exceção de cozinhas e banheiros. Estantes em ferro pintadas de preto, composição de diferentes sofás e poltronas, portas com acabamentos metalizados ou almofadas laqueadas, e bastante madeira revestindo paredes inteiras ou meias paredes. Em relação ao tom da madeira era bem contrastante, ora madeiras mais claras ora laminados pretos.

 

O vidro vem ganhando espaço para utilização nas bancadas de banheiros e cozinhas. O vidro possibilita a escolha de diversas cores e também adesivagem para imitar, por exemplo, a estampa de um mármore.

 

cozinha com armário metalizadoOs rebaixos de gesso continuam seguindo o menos é mais! Gessos lisos, com no máximo uma linha de sombra e rasgos mais próximos à parede com luz indireta. A iluminação é sempre feita basicamente por spots. Os trilhos também foram bastante utilizados, tanto na opção branca como na preta e os pendentes estão diminuindo de tamanho para ser utilizado pelo menos três em conjunto.

 

Pra fechar, os jardins eram um caso à parte! Na área externa, as plantas formavam quase uma mata fechada, mas estavam em total harmonia entre si e nas áreas internas muitos vasos ou no chão ou nas estantes, e jardineiras que cortavam alguns ambientes de fora a fora fazendo a integração da parte externa com a interna.

Entre em contato comigo pelos meus canais

Eu sou Saulo Moreira, arquiteto e urbanista
Facebok Saulo Moreira Arquitetura + Design
E-mail: contato@saulomoreira.com
Instagram: @saulopmoreira

Comentar

Seu comentário será liberado pelo administrador. Informe-se sobre as regras de moderação de comentários no Termo de uso.
CAPTCHA
Resolva a soma abaixo por questões de segurança
2 + 6 =
Solve this simple math problem and enter the result. E.g. for 1+3, enter 4.