Notícias e Variedades de Macaé
Início » Vida » Bem-estar » Emagrecimento saudável

Emagrecimento saudável

qua, 06/05/2020 - 14:44 -- Divercidades
Categoria: 
Créditos: 
Arquivo e Alle Tavares
Pessoas que emagreceram

A conhecida frase da história da Branca de Neve “Espelho, espelho meu, existe alguém mais bela do que eu?”, pode deixar muitas pessoas com medo da resposta, mas para Suellen Dutra, Juliana Lyra e Marcelo Mouzer, ela não assusta. Os três fizeram as pazes com o espelho e, juntos, eliminaram 80 quilos nos últimos três anos, sem auxílio de medicamentos. Foco, determinação e vontade de mudar basearam o processo de emagrecimento dos nossos entrevistados e algumas descobertas e obstáculos foram determinantes para a mudança.

 

Suellen Dutra - Musa fitness

Suellen deu uma reviravolta em sua vida profissional e pessoal. Em 2015, era gerente Brasil de uma multinacional e começou a ter problemas de saúde e pessoais. “A minha vida no trabalho estava um caos, meu casamento estava em crise, cheguei a ter vergonha do meu marido, estava hipertensa e pré-diabética. Com 33 anos, eu pesava 98 quilos. Decidi que precisava mudar. Eu queria viver, criar meu filho e ser feliz”, revela Suellen.
Ela contou que, apesar de sempre ter tido tendência a engordar, nunca gostou de ficar acima do peso e que, no fundo, sabia o que deveria fazer para começar a mudança. “Todo mundo sabe o que precisa fazer para emagrecer.  Tive que trabalhar a minha mente para conseguir. Nos primeiros meses, meu objetivo era criar o hábito de fazer exercícios diariamente e mudar a alimentação. Não é fácil, mas a partir do momento que você quer, você consegue”, afirma.Suellen
Suellen conta que começou a caminhar na praia, ir à academia todos os dias de manhã e também a mudar a alimentação -  um desafio para ela, que não comia salada. “Logo no terceiro mês, o professor da academia viu que eu estava emagrecendo e me sugeriu fazer uma avaliação física. Comecei a fazer a avaliação mensalmente e, em um ano, eu perdi 20 quilos. Quando atingi a meta, eu tracei outras para ganhar massa magra e perder gordura. Mais uma vez, mudei a minha alimentação e o ritmo dos treinos. Com isso, perdi mais 10 quilos no ano seguinte”, explica.
Após o emagrecimento, Suellen abriu uma conta nas redes sociais e começou a receber mensagens de amigos e conhecidos querendo saber o que ela havia feito para emagrecer. Atualmente, ela tem quase 15 mil seguidores no Instagram e é coach de emagrecimento. “Hoje, eu tenho uma sensação de liberdade, não fico preocupada com a roupa que vou usar ou se alguém vai me olhar na praia. Isso eu quero passar para as outras pessoas. Ser coach é trabalhar o psicológico. Você tem que emagrecer o corpo e a mente”, relata. 

 

Juliana Lyra - Descoberta da Nutrição

Juliana conta que sempre foi gordinha e, antes de eliminar 22 quilos, fez todos os tipos de dieta, inclusive com remédio, mas depois engordava o dobro. “Eu também tentei me aceitar acima do peso, mas quando fui comprar uma calça e a 42 não entrou, comecei a chorar no provador. Naquele dia, eu prometi para mim que nunca mais iria vestir 44”, revela.
Em 2015, Juliana procurou uma psicóloga e uma nutricionista. Começou a utilizar o Instagram como diário das suas refeições, para a profissional ver se ela estava fazendo tudo corretamente. “Eu não gostava do Instagram, mas era uma forma de seguir a dieta. Percebi que as pessoas começaram a me seguir, enviavam mensagens dando força e também se reconhecendo. Então, vi que havia escolhido a profissão errada. No fim de 2015, faltava um ano para eu me formar em engenharia, larguei tudo e comecei a fazer nutrição”, conta.Juliana
Há um ano, a sua rede social virou profissional e, atualmente, tem quase 17 mil seguidores. Lá, ela dá dicas de nutrição e receitas. “Falo das minhas dificuldades. Tem dia que não tenho vontade de malhar igual a todos que estão passando pelo processo de emagrecimento”, diz.
Juliana fala sobre a importância de emagrecer de forma saudável e lembra: “não é caro fazer dieta! Não há necessidade de comprar produtos fit. Para emagrecer, você tem que comer o que vende no açougue e na feira. Perdi 22 quilos em um ano e meio, depois que eu entrei na faculdade e comecei a entender o corpo. Me libertei da obrigação de comer de 3 em 3 horas e, hoje, como na hora que estou com fome”, frisa.

 

Paula Francine - Programa de emagrecimento

Percebendo a necessidade das pessoas por uma forma de emagrecer com saúde, a empresária Paula Francine lançou o Programa de Emagrecimento Kcal Off em sua clínica, que é um processo de emagrecimento coletivo com duração de 12 semanas. Com turmas de 5 pessoas, os pacientes têm acompanhamento de uma nutricionista (Ludmila Candeco), uma psicóloga e coach de emagrecimento (Jaqueline Fernandes) e um médico ortomolecular (Dr. Igor Alves).
Percebemos o quanto a parte psicológica afetava os hábitos alimentares das pessoas e vimos que poderíamos aliar a psicologia à nutrição. O emagrecimento não está focado apenas na mudança alimentar. Há questões como compulsão e ansiedade que precisam ser tratadas junto. Queremos que o alimento seja amigo da pessoa e não inimigo”, destaca Paula.Paula
Neste programa, cada pessoa passa por uma consulta inicial com o médico, para que ele possa avaliar a saúde de forma individual e, se for preciso, prescrever algum medicamento. O grupo participa de reuniões semanais com as profissionais, em dias alternados, e também há um grupo de WhatsApp em que todos se falam diariamente.
O emagrecimento em grupo é interessante, pois os participantes se apoiam e o resultado é muito positivo. Nós não proibimos ninguém de comer, mas ensinamos as pessoas a terem uma relação saudável com os alimentos. Incentivamos os participantes a conquistarem os seus objetivos”, conclui Paula.
Segundo dados do Ministério da Saúde divulgados em junho deste ano, a obesidade atingiu 18,9% da população das capitais do país e mais da metade das pessoas dessas cidades (54%) estão com sobrepeso. A obesidade é causa de diferentes doenças como as cardiovasculares e diabetes.

 

Marcelo Mouzer - Saúde em primeiro lugar

Foi um problema de saúde que levou Marcelo Mouzer a procurar ajuda de uma nutricionista. Em outubro de 2016, ele descobriu a diabetes. Bancário e sommelier de cerveja artesanal, começou a fazer o tratamento com insulina, inseriu a prática de exercícios na sua vida e mudou a alimentação. Hoje, com 28 quilos a menos, garante que aprendeu a comer.Marcelo
Antes, eu descontava todo o estresse do trabalho na comida. Eu não tinha critério e comia o que tinha em casa das 18h às 24h. A nutricionista foi muito importante neste processo. Ela foi diminuindo a quantidade de alimentos aos poucos, fazendo algumas trocas e, hoje, eu tenho hora para comer e me satisfaço com uma crepioca à noite. Atualmente, não preciso mais aplicar insulina, a glicose reduziu de 200 para 87, e tomo inclusive a cerveja com moderação”, afirma. Ele destaca que o segredo é ter foco, força de vontade e prazer na mudança.

 

Texo Tathiana Campolina

Edição nº 47/ setembro 2018

Revista Digital

 

Comentar

Seu comentário será liberado pelo administrador. Informe-se sobre as regras de moderação de comentários no Termo de uso.
CAPTCHA
Resolva a soma abaixo por questões de segurança
14 + 3 =
Solve this simple math problem and enter the result. E.g. for 1+3, enter 4.