Notícias e Variedades de Macaé
Início » Comment » Link permanente de comentário » Comentar

Comentar

Glauco Zulo é sucesso no Brasil e no exterior

seg, 01/06/2020 - 12:09 -- Renatta Viana
Categoria: 
Créditos: 
Arquivo pessoal
Glauco

O artista macaense Glauco Zulo, vem trilhando uma carreira de grande sucesso profissional como cantor e compositor. Dono de uma voz inconfundível, Glauco arrasta multidões por onde passa ao som do estilo musical sertanejo universitário, com uma pegada ousada e moderna. Há mais de 15 anos na estrada, esbanja simpatia e energia pelos palcos, emplacando seus sucessos e fazendo a alegria de seus fãs.
GlaucoSua trajetória musical começou em meados dos anos 1990. Glauco já era músico e tocava percussão e bateria, porém, ainda não tinha se descoberto cantor. Em 1996, um dos componentes da banda da qual fazia parte faltou e ele precisou encarar o microfone pela primeira vez. “Eu era muito tímido e não me imaginava cantando. Até que surgiu essa oportunidade meio no susto e desde então, não parei mais de cantar”, contou.
GlacoA partir daí, surgiu a Banda Mac Coisa, que em pouco tempo se tornou a Banda Dominium. Nessa época, Glauco já fazia sucesso com sua turma pelo interior do Rio e foram muitos anos integrando a banda, até que surgiu o desejo de iniciar na carreira solo em 2011.

GlaucoHoje, Glauco Zulo deslanchou com suas canções por todo Estado do Rio de Janeiro, parte de Minas Gerais, Espírito Santo, interior de São Paulo, Goiás e nos últimos anos vem atuando no exterior, mais precisamente em Nashville nos Estados Unidos, um dos maiores celeiros da música country mundial.
Sua ida à Nashville aconteceu no ano passado para gravar as canções românticas de seu projeto na época, com uma roupagem diferente. Através da Elo Produções, Glauco pode realizar seu sonho e ver as músicas sendo gravadas por alguns dos maiores músicos do mundo, entre eles: Chad Cromwell (bateria), David Hungate (baixo), Dan Dugmore (Steel), Eric Silver (Violão), Troy Lancaster (Guitarra) e John Jarvis (Piano). A temporada fora rendeu a gravação de vários videoclipes. Em abril desse ano, Glauco e sua equipe voltaram aos Estados Unidos para realizar novos projetos e parcerias e pretendem voltar mais uma vez, ainda esse ano, em setembro.

GlaucoComo se não bastasse ver seu talento se expandindo aos quatro cantos do Brasil e nos EUA, o cantor carrega em seu currículo duas entrevistas ao Programa do Jô Soares, uma em 2012 e outra em 2015. Para Glauco, foi uma enorme surpresa ser convidado para participar de um programa tão renomado. “Na primeira vez que estive com o Jô, foi incrível. Um misto de felicidade e nervosismo porque eu nunca tinha imaginado estar ali e minha entrevista esteve entre as 10 melhores do programa e foi a mais acessada nas redes pelo público. Já em 2015, mais maduro, pude aproveitar melhor o espaço e a oportunidade, tive mais visibilidade e hoje me sinto muito recompensado por ter vivido um momento como esse e ter repercutido de forma positiva para minha carreira”.
Outro fato importante foi a sua participação em um dos maiores festivais de música sertaneja do mundo, o Caldas Country em Goiás. Cantando para milhares de pessoas, teve sua canção “Pra Cima” como tema principal do evento. “Tive um destaque impressionante em Caldas Novas, porque pude engrandecer meu trabalho estando ao lado dos maiores músicos sertanejos do país. Foi uma honra e grande satisfação”.

GlaucoE para quem pensa que a vida de artista é só trabalho está muito enganando. Quando não está em cima do palco, Glauco Zulo está com sua família. Casado há 14 anos com a nutricionista Karine Lima, é pai do Matheus Zulo de 13 anos e da Ana Liz de um aninho. Morando em Macaé, ele não troca a vida tranquila da sua cidade por nada. “Gosto de estar entre amigos, perto dos familiares. Como trabalho na noite, sou muito caseiro, pratico esportes, pedalo, vou à academia, ao sítio ver meus cavalos, e quando estou em casa aproveito a madrugada pra criar, produzir, compor e cantar. É o momento em que os insights surgem”, disse Glauco Zulo, que chegou a morar por um pequeno período em São Paulo, mas não se adaptou à rotina agitada da metrópole.
GlaucoE foi aqui em Macaé, que se deu início uma amizade que já perdura por mais de 20 anos com o publicitário, músico e humorista Marcelo Marrom. “Eu e o Marrom nos conhecemos na época da banda e desde então não nos desencontramos mais, ele é como um irmão pra mim. Estamos juntos em quase todos os projetos e parcerias, ele não abre mão de mim e nem eu dele. Hoje ele vive entre Rio e São Paulo, mas já temos planos futuros de estarmos juntos novamente. É uma amizade verdadeira que só cresce”.
Sobre seus projetos passados, atuais e futuros, Glauco Zulo sempre teve imenso prestígio no meio musical, com composições interpretadas por artistas do primeiro time, como KLB, João Neto & Frederico e Inimigos da HP. Com estes últimos, emplacou provavelmente os maiores hits da banda, “Toca um samba aí” e “Nosso Filme”. Além destas, outros sucessos estão na boca do povo como: “A gente vive de amor”, “Balada no Busão”, “Pra cima”, “Quem cuida é eu”, entre outras. Hoje, uma de suas músicas chamada “O amor tá aí”, é o Hino do Instituto Projeto Neymar Jr., e é cantada na voz de artistas como Cláudia Leite, Alexandre Pires e Wesley Safadão. Segundo Glauco, para esse projeto, ele e os outros artistas abriram mão dos direitos autorais para ajudar a instituição. “O projeto atende crianças, faz um trabalho bacana e quando o Neymar ouviu a música e gostou, decidi ceder os direitos em prol da causa”, explicou o músico, contando mais uma novidade. “Até o final do ano vamos lançar nosso DVD. Estamos preparando tudo com muito amor e carinho para os nossos fãs. Será um trabalho bem bacana e ao longo dos meses vamos divulgando esse trabalho”.

GlaucoCom sua agenda de shows lotada para esse ano e também para o ano que vem, Glauco e sua equipe, cerca de 18 profissionais, percorrem o Brasil inteiro à bordo de seu ônibus personalizado, totalmente equipado para acomodar inclusive os equipamentos, com total conforto e segurança. E sobre a história desse ônibus, são muitos os fatos engraçados. “Eu sempre tive o sonho de ter um ônibus para ir fazer os shows, até que um dia cruzei com o ônibus do Leonardo na estrada e aquilo ficou na minha cabeça. Nós viajávamos numa van, depois num ônibus pequeno e eu sempre pensando em um grande, bonito, equipado. Até que na entrevista com o Jô, ele me perguntou qual era o meu sonho e eu disse: Jô, eu quero um ônibus! Pouco tempo depois, com muito trabalho e batalha, realizei meu sonho”, disse Glauco aos risos.

Texto Renatta Viana

Edição nº 38/ Julho 2016

Revista Digital

Seu comentário será liberado pelo administrador. Informe-se sobre as regras de moderação de comentários no Termo de uso.
CAPTCHA
Resolva a soma abaixo por questões de segurança
9 + 7 =
Solve this simple math problem and enter the result. E.g. for 1+3, enter 4.